Lar Últimas notícias TRE-DF torna ex-deputado Leandro Grass inelegível por oito anos
Últimas notícias

TRE-DF torna ex-deputado Leandro Grass inelegível por oito anos

Com a decisão, Grass está fora da disputa pelo cargo de governador nas eleições de 2026. A condenação é por abuso de meios de comunicação social na corrida pelo Buriti de 2022.

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) tornou inelegível por oito anos o ex-deputado distrital e candidato ao cargo de governador do DF nas eleições de 2022, Leandro Grass (PV).
O caso é um desdobramento da denúncia apresentada pela coligação do governador Ibaneis Rocha (MDB), que afirmou que a chapa adversária abusou de meios de comunicação social na corrida ao Buriti, em 2022, como fake news em propagandas eleitorais.

A decisão foi proferida pelo colegiado nesta segunda-feira (4/3), por 4 a 2. Além de Grass, a sanção dos desembargadores atinge a candidata a vice-governadora da chapa, Olgamir Amancia (PCdoB).

O presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) ficou em segundo lugar nas eleições para o Palácio do Buriti, em 2022, com 434.587 votos. Principal nome da oposição, a possível candidatura de Grass para as eleições de 2026 fica inviável com a decisão do TRE-DF. A decisão cabe recurso.

A reportagem procurou o ex-distrital. Em nota divulgada nas redes sociais, Grass informou que recebeu a decisão do TRE-DF com “o mesmo respeito às instituições que sempre tive em toda a minha trajetória”. O ex-candidato ao Buriti afirmou que irá recorrer da decisão dos desembargadores (leia abaixo). Grass também postou um vídeo onde comenta a inelegibilidade. Confira:
https://www.instagram.com/leandrograss/reel/C4HZ7S_IeFF/

Pré-candidatura
Ao Podcast do Correio, o pré-candidato ao Palácio do Buriti, deputado federal Reginaldo Veras (PV), afirmou que só retira a intenção de disputar as eleições caso Grass venha a ser candidato.

Outros nomes já lançaram pré-candidatura, como o senador Izalci Lucas (PSDB) e a vice-governadora do DF Celina Leão (PP) — apoiada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) e por pessoas ligadas ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).
Nota
Recebo a notícia da decisão do TRE/DF com o mesmo respeito às instituições que sempre tive em toda a minha trajetória. Importante destacar que a decisão de me impor uma inelegibilidade por 8 anos é passível de recurso. E que assim o farei.

Afirmo com clareza e veemência: continuo firme e convicto de que fiz a disputa eleitoral de maneira íntegra, correta e sem cometer qualquer tipo de abuso de poder.

Dedico a minha vida a esta cidade e sua população. Agradeço ao apoio maciço que estou recebendo neste momento, especialmente daqueles que esperam dias melhores para o Distrito Federal.

Não vou desistir de Brasília.

FONTE: https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2024/03/6813318-tre-df-torna-ex-deputado-leandro-grass-inelegivel-por-oito-anos.html

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Reforma tributária volta a taxar previdência privada em herança

O grupo de trabalho (GT) da reforma tributária que se debruçou sobre...

Turma feliz, vacina em dia! Idosos estão entre os que mais buscam imunização

Terceira idade se orgulha de manter o cartão de imunização atualizado. Especialistas...

CRM indica interdição ética das tendas de hidratação para dengue no DF

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) emitiu, nessa sexta-feira (22/3), um...

Rodoviária: empresas indagam até sobre restringir ônibus em concessão

A Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob-DF) emitiu uma nota informativa sobre a...